sexta-feira, 31 de agosto de 2012

SINOPSE:  Esta fábula conta como dois velhos literatos, acadêmicos e liberais, partiram em guerra contra o nazismo, a ditadura  e a prepotência. Toda e qualquer semelhança com tipos, organizações, academias, classes e castas, figuras e sucessos da vida real será pura e simples coincidência, pois a anedota é produto exclusivo da imaginação e da experiência do autor. Reais são apenas a ditadura do Estado Novo com a lei de segurança, a máquina de repressão, as prisões cheias, as câmaras de tortura.

RESENHA: O livro é fascinante, geralmente os livros que Jorge Amado escreveu são ótimos no início deste livro tive uma dificuldade em ler, pois achei um pouco monótono, quando chegou na página 130 em diante o desenrolar da história ficou interessante,  não consegui mais de parar de ler. A história ficou gostosa de ler, ele possui  um humor leve. O livro fala sobre a disputa por uma vaga na Academia  Brasileira de Letras, menciona até sua eleição. O enredo retrata como viveu o personagem Antonio Bruno (Poeta de "A Camisola de dormir" ), ocorre durante a Segunda Guerra Mundial e Ascensão  do Nazismo, o nosso país vivia no regime do Estado Novo, onde o autor sofria com a censura e a perseguição por sua filiação ao Partido Comunista. Pelo fato de o livro ter sido publicado ainda na época da ditadura, trazendo a tona o autoritarismo do passado, relatos daquela época da história.
A livro queria mostrar e despertar no leitor que ainda havia possibilidade de mudança e ainda poderia existir a liberdade de expressão.
Recomendo a leitura.





0 comentários:

PROMOÇÕES

Seguidores

PROJETO COM AMOR POR FAVOR SEM FLASH!

BOOK TOUR

BOOK TOUR

BOOK TOUR

Quem sou eu

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

FAN PAGE

TWITTER