terça-feira, 11 de março de 2014
Bem - vindos blogueiros!!

Hoje o blog Detalhe Feminino, está trazendo para vocês uma maravilhosa entrevista com escritora Mari Scotti, nesta entrevista vocês poderão conhecer melhor suas obras e pouco mais sobre ela .


MARI SCOTTI
Paulistana. Nascida em 22 de fevereiro de 1980. Formada em Recursos Humanos pela faculdade das Américas. Aprendeu a amar a literatura desde os dez anos de idade. Apoia sem reservas a Literatura Nacional. Já gravou CD, compôs e hoje dedica a maior parte do seu tempo aos personagens.

DF – Como você percebeu que seu destino era ser escritora.
                Quando era muito nova, por culpa da minha mãe e de uma professora chamada Sandra. Ambas me incentivavam a ler, descobriram meus gostos e me davam livros que eu lia ávida. Escrever surgiu depois que li um romance escrito pela minha mãe. Fiquei fascinada pela idéia de criar minhas próprias histórias. Com o tempo à vontade ficou adormecida. Esse desejo reascendeu depois que li Crepúsculo e descobri qual era o meu estilo preferido de escrita: fantasia. A vontade de publicar veio depois de conhecer a escritora nacional Nazarethe Fonseca, pois vi que existiam escritores no Brasil além do Pedro Bandeira. Eu não conhecia outros até então.

DF – O que levou você a escrever seu primeiro livro? Insônia foi seu primeiro livro?
                Insônia foi o primeiro livro que finalizei na vida e também o primeiro publicado, mas não foi a minha primeira ideia. Desde muito menina tentava contar histórias e não conseguia, daí conheci o mundo das fanfics que os leitores foram meu incentivo para continuar. O que me levou a escrever Insônia foi um amigo meu que jogava RPG. Ele adorava contar histórias e criei o Pietro para ele. Mas depois de um tempinho percebi que não era apenas um romance comum e o Pietro se tornou um personagem maior e a série ganhou vida.

DF – Como surgiu a escolha do nome do seu primeiro livro e quanto tempo levou para escrevê-lo?
                O nome do livro é na verdade uma característica dos nefilins e um dos motivos para a protagonista conhecer um dos personagens principais da trama. Os filhos de anjos com humanos não sentem muita necessidade de dormir, por isso sofrem de insônia na minha história. Levei quase dois anos para concluir o primeiro volume da série, mais três meses para finalizar o segundo e agora estou escrevendo o terceiro e último.

DF– Nos conte um pouco sobre a temática de Insônia.
                Insônia é uma série sobre escolhas e suas consequências. Conta a história de Suzanna, uma garota de dezessete anos que perdeu os pais em um acidente de carro um pouco duvidoso. Mora com os avós e não sabe que é diferente das outras pessoas com quem convive. Perto de completar dezoito anos, dois rapazes lindos aparecem em sua vida e ela se vê sendo paquerada por ambos, o que a desestrutura um pouco, pois sempre acreditou que não devia se apaixonar. Não é apenas um triangulo amoroso. Eles escondem algo muito maior, um mistério que a envolve diretamente. E a escolha entre um ou outro, trará consequências boas ou desastrosas sobre seu futuro.

DF – Com seu primeiro livro pronto saído do forno, foi difícil encontrar uma editora?
                Não tive dificuldades, pois já ajudava algumas escritoras de fanfics, então conhecia o caminho. Só depois que descobri que existiam muito mais editoras do que as que eu conhecia. A Aped – editora de Insônia – me procurou, pois o livro estava exposto em um site para editoras, então na verdade, não sai á procura, me acharam. *-*

DF– Depois de Insônia, veio Híbrida seu segundo livro. Você acha que houve alguma mudança no seu jeito de escrever em relação ao primeiro livro.
                Muitas mudanças! Mudanças gritantes!
                Apesar do curto prazo entre uma publicação e outra, Híbrida eu reescrevi, não publiquei o mesmo texto que postava como fanfic e isso deu maior riqueza a narração, pois já tinha certo amadurecimento com as palavras. Hoje releio Híbrida e já acho que está ruim, mas porque quanto mais escrevemos, melhor empregamos as palavras. Fora que fiz alguns cursos depois de publicar os dois e que ajudaram muito!

DF– Defina Híbrida em poucas palavras.
                Híbrida em poucas palavras... Você pediu isso a uma escritora! Maldade. Vou tentar hahaha. Híbrida é o primeiro volume da quadrilogia Neblina e Escuridão. Conta a história de Ellene, uma garota que vive em uma vila de lobisomens, mas que não se desenvolve como o esperado. Tentando entender seu passado, descobre que tem muito mais em comum com seus inimigos naturais do que esperava. Ela também tem pesadelos constantes com um homem assustador. Por outro lado, fala de Milosh, um vampiro deprimido que procura sua esposa e rainha sequestrada há quase cem anos e que tentando localizá-la, acaba se envolvendo em uma trama ardilosa pelo trono.
                Os protagonistas estão entrelaçados a um perigoso e sedutor plano pelo poder, mesmo conhecendo-se apenas através de seus pesadelos.
                Viu... isto foram poucas palavras. Prometo. kkkkk

DF – Você se identifica diretamente com algum personagem dos seus livros? Qual?
                A Ellene, protagonista de Híbrida. Porque ela tem fobia de insetos. Emprestei minha fobia a ela. Hahaha!
               
DF – Qual é a melhor parte no seu trabalho como escritora?
                Além de me envolver com os personagens e ter companhia o tempo todo (eles falam pra caraca! Rs), é ter o prazer de conhecer pessoas que também amam ler e escrever. Sempre fui uma garota isolada e depois que publiquei meu primeiro livro, nunca mais fiquei sozinha. Todos os dias conheço alguém diferente, seja um leitor, um blogueiro, um escritor, sempre há uma novidade e eu amo demais isso. Fiz amizades que jamais achei possível ter! E amo muito essas pessoas *-*.

DF – Quais são seus planos literários a partir agora?
                Além de finalizar as duas séries, quero publicar o romance e a distopia que estou escrevendo. Alcançar novos horizontes além do sobrenatural. Mas um plano mais próximo é o de publicar o segundo volume das séries. Estou ansiosa com a leitura de vocês!

DF– Você já está escrevendo outro livro? Pode adiantar alguma coisa para nós?
                Estou escrevendo dois livros, além da continuação das séries. Um é um romance dramático. Conta a história de uma musicista incomum. Ela é gordinha, tem asma, é pobre e sofre muito preconceito por causa do seu peso. Tem muito em comum comigo, mas eu abuso bastante do tema bullying. Não posso dar muitos detalhes ainda, mas a escrita está lenta porque meu forte é o sobrenatural. Rsrs
                O outro é uma distopia. Este não tem nada de sobrenatural, mas por ser um tema em que posso viajar bastante, o andamento da história está acima do esperado. Em dois meses já escrevi cem páginas, isto intercalando entre revisar as séries e escrever a continuação delas. Não posso contar muito ainda, porque não registrei a ideia, diferente do livro sobre bullying, mas quando puder, prometo compartilhar. Só sei que estou amandooo meus protagonistas!

Deixe uma mensagem para todos os seus leitores aqui do blog que leram ou vão ler seus livros.
                Primeiro obrigada pelo carinho Ana, amei responder a sua entrevista e contar um pouco sobre os livros e a minha vida como escritora. Desejo muito sucesso a você e ao blog! Aos leitores, obrigada por lerem a entrevista! Comentem, porque costumo voltar, ler e responder os comentários, adoro conversar rsrs. Espero que leiam mais literatura nacional e possam compartilhar conosco o que acharam. Beijão!



Vocês poderão saber mais sobre a escritora, através do links abaixo:

Twitter: @_mariscotti
Facebook: mariscotti2
Sites:

E ai pessoal gostaram da entrevista?? Espero que sim!! Em breve teremos outras entrevistas com outros autores, se você tem algum autor preferido que gostaria que nós aqui do Detalhe Feminino entrevistássemos,  é só deixar ns comentários! Beijos até a próxima entrevista!!
@ninh@

3 comentários:

  1. Amei a entrevista! Obrigada pelo carinho e capricho. Beijo, Mari Scotti

    ResponderExcluir
  2. Adorei a entrevista, sou fã dos trabalhos da Mari e a considero uma pessoa lutadora e maravilhosa!
    Desejo sucesso ao blog e a autora; que continue a nos deliciar com suas histórias. bj

    ResponderExcluir
  3. Mari escreve maravilhosamente bem, vale a pena ler tudo que ela escreve!

    ResponderExcluir

PROMOÇÕES

Seguidores

PROJETO COM AMOR POR FAVOR SEM FLASH!

BOOK TOUR

BOOK TOUR

BOOK TOUR

Quem sou eu

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

FAN PAGE

TWITTER